IX Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título da palestra

ESTRATEGIAS E PROFISSIONAIS ENVOLVIDOS NA PREVENÇAO DE LESOES NO FUTEBOL BRASILEIRO

Minicurrículos dos proponentes (máximo de 5 linhas cada)

Fisioterapeuta formado pela USP Especialista em Fisioterapia no Esporte pelo CETE/UNIFESP Mestre em Ciências da Reabilitação pela UEL Membro da diretoria regional da SONAFE PR.

Descrição da palestra

Propomos esta palestra para apresentar a comunidade da fisioterapia esportiva os achados de uma pesquisa conduzida pelo Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão em Fisioterapia Esportiva (LAFESP/UEL) que identificou os profissionais envolvidos e as estratégias empregadas na prevenção de lesões dos clubes brasileiros de futebol. Os dados foram coletados por um questionário online aplicado de fevereiro a maio de 2017, contando com a participação de 72 clubes das séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro. Trata-se do maior estudo que temos conhecimento no mundo com esta metodologia. As questões abordaram: (1) caracterização e qualificação dos profissionais, (2) identificação dos fatores de risco para lesões, (3) métodos de avaliação e monitoramento, (4) métodos de prevenção de lesões e (5) percepção da eficácia do trabalho. Dentre os resultados a serem apresentados, evidenciaremos a taxa de participação expressiva do fisioterapeuta como o profissional mais atuante nos programas preventivos, os principais fatores de risco intrínsecos e extrínsecos considerados para lesões, métodos de avaliação e atividades preventivas mais empregadas. Todos os dados coletados são comparados com resultados apresentados na literatura científica do trabalho de prevenção em clubes internacionais. A pesquisa revelou o perfil preventivo dos clubes brasileiros e que a maioria destes possuem ações preventivas estruturadas, nos quais o fisioterapeuta é o profissional mais atuante em todas as fases do trabalho. As condutas são semelhantes as demonstradas em estudos prévios referente aos clubes internacionais, no entanto nem todas foram baseadas em evidências. O trabalho original desta pesquisa foi defendido em uma tese de mestrado e está em fase de publicação.

Área

Prevenção

Autores

FERNANDO CASSIOLATO DE FREITAS