IX Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título da palestra

PLANO GLOBAL DE ATIVIDADE FISICA 2018–2030

Minicurrículos dos proponentes (máximo de 5 linhas cada)

Professor do Programa de Mestrado Profissional em Saúde e Educação da Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Doutor (PhD) em saúde pública pela VU University Medical Center (VUmc) e mestre em ciências da saúde pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Pesquisador colaborador do Amsterdam Collaboration on Health and Safety in Sports (ACHSS) e especialista em fisioterapia esportiva pela Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física (SONAFE).

Descrição da palestra

Atividade física regular faz parte da prevenção e do tratamento de doenças não transmissíveis, como câncer, diabetes e doença de Alzheimer. Um estilo de vida fisicamente ativo também melhora a saúde mental e prolonga a longevidade. Embora os inúmeros benefícios da atividade física sejam bem documentados, grande parte da população mundial, incluindo a brasileira, é considerada cada vez menos fisicamente ativa. Portanto, a promoção e manutenção de níveis suficientes de atividade física é uma questão de saúde pública e uma prioridade para diversas organizações mundiais.
O Plano Global de Atividade Física 2018–2030 foi elaborado pela Organização Mundial da Saúde e envolveu governantes e representantes dos setores da saúde, esporte, transporte, urbanista, acadêmico, assim como membros da sociedade civil e do setor privado. A missão deste plano é assegurar que todas as pessoas tenham acesso à ambientes seguros e eficientes, com diversas oportunidades para serem fisicamente ativas no dia a dia, com intuito de melhorar a saúde individual e coletiva, e contribuir para o desenvolvimento social, cultural e econômico das nações. A meta é reduzir a prevalência global de atividade física em 15% até 2030.
O Plano Global de Atividade Física está alinhado com a agenda 2030 das Nações Unidas, estabelecida com a participação de membros de 193 países. A implementação das diretrizes do Plano Global de Atividade Física contribui para conquistarmos uma série de objetivos sustentáveis que fazem parte da agenda 2030, e depende da criação e revitalização de parcerias de diversos setores da sociedade, incluindo profissionais da saúde, como fisioterapeutas, suas instituições e associações profissionais. Assim, é de fundamental importância que os membros da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física, sociedade que inclui atividade física no nome, estejam familiarizados com o Plano Global de Atividade Física 2018–2030.

Área

Prevenção

Autores

SAULO DELFINO BARBOZA