IX Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Fatores associados a lesões nos membros inferiores que afetam corredores de rua recreacionais: um estudo transversal

Resumo (máximo 3000 caracteres com espaço)

Introdução: Observa-se um número crescente de praticantes de corrida de rua no Brasil e no Mundo, devido a seus benefícios para a saúde e qualidade de vida. Paralelamente a este aumento se observa um grande número de lesões que necessitam serem investigadas. Na tentativa de diminuir a quantidade de lesões decorrentes da corrida de rua a prescrição de programas preventivos tem tomado destaque no âmbito prático e científico. Para isso necessita-se do conhecimento das principais lesões que acometem os praticantes e os possíveis fatores de risco envolvidos com a modalidade. Objetivo: determinar a prevalência e os fatores associados a lesões em corredores de rua. Métodos: Trata-se de um estudo de caráter observacional, do tipo seccional e abordagem quantitativa, realizada na cidade de Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. Foi observada a prevalência de lesões em corredores. Para identificar os fatores associados a lesões em corredores foram avaliadas características das lesões e procedimentos realizados durante os treinamentos ou competições. Os fatores associados avaliados envolveram desde aspectos biológicos como idade e gênero, bem como características do atleta em relação a sua condição de treino e competição, como o número de calçados usados para a corrida, frequência de treino e distância percorrida. Foram estimadas as razões de prevalência (RP) bruta e ajustada por meio da análise de Regressão de Poisson. Foi adotado α≤5%. Resultados: Participaram da pesquisa 195 corredores, sendo 55,9% (n=109) do gênero masculino e 44,1% (86) do gênero feminino, com média de idade de 33,46 anos (DP=4,25). Observou-se uma prevalência de lesões esportiva de 33,8%, estando mais associada com distância percorrida (RP=1,83; IC95%=1,14-2,94) e número de pares de tênis (RP=2,50; IC95%=1,34-4,67). As principais lesões encontradas foram Síndrome do compartimento medial, seguido de tendinopatias e lesões musculares. Conclusão: As lesões esportivas em corredores parecem estar mais associadas a fatores de volume de treinamento e um maior número de calçados.


Palavras-chave (máximo 3)

Corrida Moderada; Lesões Esportivas; Prevalência.

Área

Epidemiologia

Autores

Sanderson José Costa Assis, Glauko André Dantas, Wouber Hérickson Vieira