IX Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Distribuição dos casos de artrose e artrite reumatoide/outras poliartropatias inflamatórias, no período de 2017 a 2019

Resumo (máximo 3000 caracteres com espaço)

Introdução: Nas doenças reumáticas que acometem a população, a artrite e artrose têm um papel representativo nas incidências, principalmente com o envelhecimento. São doenças autoimunes que afetam o aparelho locomotor causando dor, rigidez articular e limitação de mobilidade. A artrite reumatoide tem como característica uma inflamação nas articulações e, a artrose, envolve a perda e degeneração de ossos e cartilagens que fazem parte das articulações. Objetivo: Verificar a distribuição dos casos de artrose e de artrite reumatoide e outras poliartropatias inflamatórias, quanto a gênero, região/estado e faixa etária, no período de 2017 a 2019. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo e quantitativo, cuja fonte de dados coletados foi a da base de dados do Sistema de Informações Hospitalares (SIH) do Sistema Único de Saúde (SUS), disponibilizada pelo Departamento de Informática do SUS (DATASUS), no endereço eletrônico (http://www.data-sus.gov.br), acessado em 21 de junho de 2019. A amostra foi constituída pelo valor total de casos por artrose (AS) e artrite reumatoide e outras poliartropatias inflamatórias (AT), registradas no período de janeiro de 2017 a abril de 2019, em todas as regiões do Brasil, para ambos os gêneros e nas diversas faixas etárias. Resultado: Observou-se que no período analisado, tanto a AS como a AT, demonstraram prevalência para o gênero feminino e a faixa etária mais comprometida ficou entre 60-69 anos. Nas regiões do Brasil, a AT teve mais incidência na região Sul (35%), seguida do Sudeste (29,8%), Nordeste (17,9%), Centro Oeste (13,4%) e Norte (3,9%). Já para a AS, a região mais frequente foi a Sudeste (53,9%), seguida do Sul (27,7%), Nordeste (9%), Centro Oeste (7,2%) e Norte (2,2%). O estado com mais acometimento pela AT na região Sul foi o Paraná (76,4%), e para a AS, na região Sudeste, foi São Paulo (45,6%). Contudo, o estado com maior número de registros para AS foi São Paulo (24,6%) e para a AT foi o Paraná (26,7%). Conclusão: Conclui-se, de acordo com o método, que a faixa etária de 60 a 69 anos e o gênero feminino foram os mais acometidos em ambas doenças. Além disso, as regiões Sul e Sudeste prevaleceram nos casos de AT e AS, respectivamente. Já os estados com maior frequência foram o Paraná e Minas Gerais para a AT e São Paulo e Minas Gerais para AS. A partir dessas informações faz-se necessárias estratégias de promoção, prevenção e controle, com o propósito de oferecer qualidade de vida para os idosos e cuidados às doenças reumáticas.

Palavras-chave (máximo 3)

Artrite, Artrose, Perfil de saúde

Área

Epidemiologia

Autores

Ana Karla Santos Caixeta, Narryman Jordana Ferrão Sales, Daniela Freitas Oliveira, Juciele Faria Silva, Cristiano Gonçalves Morais, Luiz Fernando Gouvêa-e-Silva