IX Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Avaliação indireta do vo2 máximo em atletas amadores de handebol

Resumo (máximo 3000 caracteres com espaço)

Introdução: Os sistemas cardiovascular e respiratório são diretamente ligados, sendo responsáveis por fornecer e transportar oxigênio para cada célula e trazer delas o gás carbônico para ser eliminado. O sistema cardiorrespiratório é um dos mais exigidos durante a prática esportiva, sendo de total importância para a troca gasosa. Os testes cardiorrespiratórios, são usados na mensuração do vo2 máximo, tendo sua importância, tanto no planejamento de um treinamento, quanto em avaliações para a promoção a saúde. Portanto, é evidenciado que os benefícios a prática de exercício, melhora consideravelmente o condicionamento físico, sendo estes obtidos por meio de testes de habilidades e de resultados de alguma atividade. Objetivo: Avaliar a capacidade cardiorrespiratória em jogadores amadores de handebol e comparar os resultados entre sexo e faixa etária. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, quali-quantitativo e de corte transversal, no qual foi avaliado o vo2 máximo, de forma indireta, através do teste Banco de McArdle em atletas amadores de handebol, que treinam no Colégio Diocesano Santa Luzia, da cidade de Mossoró – RN. O teste foi realizado com um banco de altura padrão de 40,3cm e os movimentos de subir e descer foram realizados ao compasso de um metrônomo durante 3min. Este ritmo variava de acordo com sexo, cujo valor masculino era de 24 compassos, e o feminino 22 compassos por minuto. Após o tempo estipulado, foi verificado, com oxímetros, os valores da saturação de oxigênio e da frequência cardíaca. Logo depois da coleta de dados, foi realizado o cálculo dos valores estimados de vo2 máximo de cada atleta. Resultados: Participaram do estudo um total de dezoito atletas, de ambos os sexos e com idade média de 47,44+-. No teste constatou-se média de 59,32±11,80 ml/kg/min, classificando os voluntários como excelente, de acordo com os dados da American College of Sports Medicine. Na comparação entre o sexo foi visto que os homens apresentaram valor 47,5 anos, enquanto as mulheres valor 47,4 anos. Conclusão: Após a análise das avaliações constatou-se que os atletas amadores avaliados apresentam nível de vo2 máximo considerado satisfatório, outrossim, não apresenta dessemelhança em seus resultados quando comparados entre os sexos. Portanto, é notória que a prática esportiva melhora significativamente o sistema cardiorrespiratório, pois, é durante a modalidade que a respiração é otimizada, aumentando sua absorção de oxigênio e de vo2 máximo, potencializando assim o treinamento aeróbico, que é tão importante para a prática esportiva e diária.

Palavras-chave (máximo 3)

consumo de oxigênio. fisioterapia. atletas.

Área

Prevenção

Autores

Ana Letícia de Moura Oliveira, Alex Rafael de Freitas Gomes, Isana Felix de Oliveira, Lara Gabrielly do Nascimento Sousa, Letícia Eduarda Bezerra Silva, Moisés Costa do Couto