IX Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Avaliação da propriocepção e do equilíbrio em jovens nadadores

Resumo (máximo 3000 caracteres com espaço)

INTRODUÇÃO: O equilíbrio e a propriocepção, são mecanismos controlados pelo Sistema Nervoso Central e provocado por reflexos, sendo importante que seu desempenho seja eficiente para que o ser humano possa ficar em posição ortostática e consiga realizar os movimentos que o sistema musculoesquelético necessita, principalmente nos momentos de proteger estruturas do corpo de ações não funcionais. O equilíbrio corporal é a condição do centro de massa do corpo se manter estável sem oscilações dentro de seus limites de sustentação, auxiliando na estabilização de segmentos corporais enquanto os outros estão em movimento. Já propriocepção é a consciência corporal de postura, movimento, mudanças no equilíbrio, sobrecarga imposta nas junções miotendíneas e articulações. OBJETIVO: O objetivo deste trabalho é avaliar a propriocepção e o equilíbrio postural de nadadores em idade escolar. MÉTODOS: A amostra foi composta por 13 nadadores com idade entre 9 a 14 anos. Para a avaliação foi utilizado o Y Balance Test (YBT). Para a realização do teste, foi feito um desenho com fita adesiva no chão em forma de “Y”. Inicialmente os atletas colocaram a ponta do pé de apoio (membro inferior dominante) no centro da figura, as mãos estavam ficar na cintura durante as tentativas, o pé de alcance (membro inferior não dominante) se projetou o mais longe possível nas três direções (anterior, posteromedial e posterolateral) sem tocar no chão, e em seguida voltou a posição inicial se mantendo suspenso por dois segundos para confirmar o resultado, o avaliador marcou a maior distância que o pé de apoio percorreu, foram realizados três tentativas para treinamento e em seguida três tentativas para análise, para cada direção. Foram utilizados os seguintes critérios para repetição de tentativas: pé de alcance tocar no chão, pé de apoio se mover, as mãos se soltarem da cintura, após o retorno do pé de alcance à posição inicial, o tempo de dois segundos em suspenção após o retorno do movimento não ser atingido. Para o cálculo do YBT foi medido o comprimento real do membro inferior dominante (comprimento entre a espinha ilíaca anterossuperior e o maléolo lateral). O Composite Score (CS) do YBT foi calculado dividindo a soma das distâncias máximas alcançadas (em centímetros) nas três direções pelo comprimento real do membro inferior avaliado, e por fim multiplicado por três. Os valores finais foram então expressos em porcentagem multiplicando-se por cem, sendo a média de três tentativas utilizada como score final. RESULTADOS: A média de idade dos nadadores é de 12,23 ± 1,30 anos, com o peso médio de 54,96 ± 12,32 Kg, altura média de 1,50 ± 0,12 m e Índice de Massa Corpórea média de 24,09 ± 4,61 Kg/m2, o CS médio foi de 87,24 ± 11,13 % no membro inferior dominante. CONCLUSÃO: Os jovens nadadores têm um nível de equilíbrio e propriocepção abaixo dos limites inferiores mostrados na literatura, portanto os mesmos têm predisposição a lesões nos membros inferiores.

Palavras-chave (máximo 3)

traumatismos em atletas. equilíbrio postural. natação.

Área

Prevenção

Autores

Valmir Gabriel Ulisse Nunes Vieira de Souza, Gabriela do Nascimento Duarte, Katiucy Lopes Oliveira, Alice Mirelly Costa Silva, Moisés Costa do Couto