IX Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Avaliação de fatores de riscos sobre doenças cardiovasculares em corredores amadores

Resumo (máximo 3000 caracteres com espaço)

Introdução:Levando-se em consideração os benefícios ao sistema cardiovascular e parece pertinente que estudos averíguem variáveis cardíacas em populações específicas a fim de, constatar a adaptação ao exercício bem como, realizar avaliação física sobre a precisão de possíveis sobrecargas e necessidades de condicionamento físico.Objetivos:Investigar parâmetros cardiovasculares em corredores amadores.Métodos:No total 55 participantes foram incluídos neste estudo (sendo 14 do gênero feminino e 41 do gênero masculino). Todos os procedimentos utilizados ocorreram em consonância aos aspectos éticos, submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa envolvendo seres humanos da Universidade Federal de Mato Grosso (n° de protocolo: 09911119.9.0000.5587). Trata-se de um estudo transversal de caráter quantitativo e descritivo, onde foi realizada avaliação de desfechos cardiovasculares. Os dados foram obtidos a partir de um questionário semiestruturado, com elementos relacionados aos objetivos do estudo e incluíram as seguintes variáveis: características antropométricas, pressão arterial, frequência cardíaca, circunferência da cintura, saturação de oxigênio, índice de massa corpórea e informações relacionadas ao histórico familiar, alcoolismo, tabagismo, diabetes e sedentarismo. Os dados foram apresentados como valores de média e desvio padrão e, para comparação dos desfechos entre momentos, utilizou-se o teste-t pareado, com significância equivalente a p<0,05.Resultados:Os desfechos demonstraram os seguintes valores de repouso, apresentados em média e desvio padrão: 35,5±14,9 anos (para idade); 1,70±0,2 metros (estatura); 69,4±11,6 kg (peso); 79,2±17,1 bpm (frequência cardíaca); 80,8±9,9 cm (circunferência da cintura); 23,3±4,0 kg.m2(IMC); 123,1±12,2 mmhg (pressão arterial sistólica); 75,7±16,8 mmhg (pressão arterial diastólica); 97,8±2,4% (SatO2). A comparação das variáveis descritas entre gêneros demonstrou diferença significativa apenas para variável peso (p=0,02). No que se refere aos fatores de risco sobre doenças cardiovasculares, observou-se prevalência de 0% de diabetes e cardiopatias; 38,1% em relação ao consumo de álcool; 12,3% de sedentarismo; e 1,8% de tabagismo.Conclusão:Conclui-se que o consumo de álcool eventual caracteriza o fator de risco mais evidente na população avaliada. Além disso, 12,3% é sedentária e praticou a corrida como evento isolado. Todos os outros parâmetros fisiológicos verificados demonstraram níveis normais. Os dados apresentados constituem características específicas de uma população de corredores amadores, e representa parâmetro sobre sugestões interventivas específicas, em cenários clínicos e científicos.

Palavras-chave (máximo 3)

Sports Medicine, Physiotherapy, Recovery of Function

Área

Prevenção

Autores

Ana Carolina Santana Silva, Ana Paula Lima Candiotto, Itanna Vaz Rodrigues, Aníbal Monteiro Magalhães Neto, Claudia Marlise Balbinotti Andrade, Jaqueline Santos Silva Lopes