IX Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional da Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva e da Atividade Física

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ESTRATEGIAS E PROFISSIONAIS ENVOLVIDOS NA PREVENÇAO DE LESOES NO FUTEBOL BRASILEIRO

Resumo

Objetivo: Identificar os profissionais e métodos de trabalho em prevenção de lesões dos clubes brasileiros de futebol. Metodologia: De fevereiro a maio de 2017, 96 clubes das séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro, foram convidados a responder uma entrevista online com questões que abordaram: (1) caracterização e qualificação dos profissionais, (2) identificação dos fatores de risco para lesões, (3) métodos de avaliação e monitoramento, (4) métodos de prevenção de lesões e (5) percepção da eficácia do trabalho. Resultados: As repostas foram estabelecidas por 72 clubes, que somaram 75% de adesão a pesquisa. Em 79,7% dos clubes o fisioterapeuta foi o profissional mais atuante nos programas preventivos. Ações preventivas estruturadas são desenvolvidas por 64 clubes (89%) e 8 (11%) não desenvolviam trabalho preventivo. Os principais fatores de risco intrínsecos para lesões considerados foram o desequilíbrio muscular, alterações biomecânicas e condicionamento físico; para os extrínsecos observou-se a qualidade dos gramados, intensidade dos treinos e quantidade de partidas disputadas. A avaliação destes fatores foi desenvolvida por testes funcionais validados, dinamometria isocinética e dosagem de creatinofosfoquinase sérica. As atividades preventivas constituíam exercícios proprioceptivos, core training, exercícios excêntricos, pliométricos e alongamentos. Conclusão: A pesquisa revelou o perfil preventivo dos clubes brasileiros e as práticas mais comuns no trabalho de prevenção de lesões. A maioria dos clubes possuem ações preventivas estruturadas, nos quais o fisioterapeuta é o profissional mais atuante em todas as fases do trabalho. As condutas são semelhantes as demonstradas em estudos prévios referente a clubes internacionais, no entanto nem todas foram baseadas em evidências.

Palavras-chave/Descritores

futebol, prevenção, lesões esportivas, exercícios

Abstract/Resumen

Objective: To identify the practices and work methods in injury prevention of Brazilian soccer clubs. Methods: From February to May 2017, 96 clubs from the Brazilian Championship (series A, B, C and D) were invited to answer an online survey with questions addressing: (1) professional’s characterization and qualification, (2) injury risk factors, (3) assessment and monitoring tools, (4) injury prevention methods, and (5) perception of work effectiveness. Results: Seventy two (72) surveys successfully returned (75%). In 79,7% the physiotherapist is the most active professional in preventive programs. Sixty four (64) clubs (89%) have structured preventive actions and 8 (11%) do not develop preventive work. The most intrinsic risk factors considered for injuries were muscle imbalance, biomechanical alterations and fitness; the extrinsic risk factors were grass quality, training intensity and number of matches throughout the season. The assessment of those factors was made by validated functional tests, isokinetic dynamometry and serum CPK level. The preventive training was with proprioceptive exercises, core training, eccentric exercises, plyometrics and stretching. Conclusion: The survey revealed the preventive way of work of Brazilian clubs and the most common practices in injury prevention. Most clubs have structured preventive actions, where the physiotherapist is the most active professional in all phases of the work. The practices are similar to those of international clubs, but not always based on scientific literature.

Keywords/Palabras clave

football, soccer, prevention, sports injury, exercises

Arquivos

Área

Prevenção

Autores

FERNANDO CASSIOLATO DE FREITAS